Corações ao alto - espalhando pingos de amor!

11:40:00 Adriana LARA 9 Comments

Se de repente um desconhecido lhe oferece um coração, cuidado! Foi apanhado pela equipe Pingamor (http://pingamorporai.blogspot.pt/). O melhor é sorrir e ser feliz



Lindezas, através da nossa linda blogsfera, conheci a Ruthia, do blog Berço do mundo - http://bercodomundo.blogspot.pt/... e nas andanças, viu uma postagem que fez com que me apaixonasse pela ideia: Espalhar corações com mensagens, de maneira anônima, pelos cantos do mundo por onde você passar.


O pingamor MarAzul foi o primeiro semeado em terras algarvias



na Place de  Roedgen


Este pingamor, de seu nome Esperança, ficou num caixa eletrônico de banco. 
Muito apropriado...


O projeto junta seis amigos nesta simpática missão. E muitos mais estarão inclusos, a avaliar pelo interesse que o projeto tem suscitado nas redes sociais (as últimas notícias dizem que se vai estender também ao Canadá, Brasil - eu...). Vamos conhecê-los:

- Liliana Lima (Lisboa, 37 anos) - fundadora de vários projetos ligados à arte de contar histórias.
- Pedro Menezes (Cartaxo, 33 anos) - contador de histórias e fotógrafo amador.
- Isabel Jordão (Portimão, 52 anos) - promotora de leitura na biblioteca de Portimão.
- Catarina Bandeira (Luxemburgo, 38 anos) - consultora informática.
- Manuela Martins (Roterdão, 56 anos) - desempregada do ramo da hotelaria.
- Liliana Castro (Porto, 33 anos) - atriz e cantora.

Vejam que lindo:
Outlet do Carregado, domingo, 11h20. Um pequeno carro preto, estacionado, recebe um coração de origami, enfeitado com trevos e joaninhas. O dono poderá ler um provérbio árabe: “Deixa o teu coração seguir à tua frente e depois procura alcançá-lo”.

Moselle, Luxemburgo, 19h15. O sol lança ainda os seus raios sobre o coração que repousa no banco de jardim, sob o olhar protector da estátua de Baco. No bilhete que o acompanha, palavras de Balzac: “L’amour n’est pas seulement un sentiment, il est un art aussi”.

Praia do Alvor, Algarve, 21h11. O sol já se pôs. Duas gaivotas olham desconfiadas para o coração de feltro que ficou depositado na barraquita da massagista, com uma legenda de Flaubert “o coração é uma riqueza que não se vende e não se compra. O coração é uma riqueza que se dá”. Este foi o primeiro pingamor deixado no Algarve, mas outros, dezenas, têm sido deixados um pouco por todo o país e também no estrangeiro.

A ideia por detrás do projecto Pingamor é desconcertantemente simples: provocar sorrisos nas pessoas que os encontram, numa altura em que a crise, o desemprego e o stress diário nos arrastam num turbilhão de preocupações. 

Cada um cria os seus pingos de amor – as meninas normalmente optam por costurá-los enquanto o Pedro faz origamis de papel – e até os batiza com um nome, antes de os largar num lugar inesperado e banal, seja num banco 24hs, no pára-brisas de um carro...

Os coraçõezinhos carregam uma mensagem que, espera-se, façam outros bater mais forte. O objetivo é “aquecer a alma de um desconhecido… só porque sim”! Esta filosofia de deixar o mundo um pouco mais feliz e colorido, sem querer nada em troca, é desarmante. Estou completamente rendida. (palavras da Ruthia, que eu tomei como minhas também).

Mas porquê um coração e não uma flor, ou outra coisa qualquer? 
O Pedro teve a amabilidade de responder a Ruthia: “A sociedade impele-nos cada vez mais a sermos racionais, a esquecermos o nosso lado sentimental (...) Estamos a entrar num desequilíbrio o que como sabemos, até pela sabedoria dos antigos, não é nada saudável. O coração é o centro para o qual nos temos de voltar, para nos reequilibrarmos de novo. Ele é a chave da vida”.

Então, vamos pingar amor por este mundo afora!!

Esta semana começamos, aqui em cassa, a confeccionar os nossos pingos de amor a serem espalhados, num primeiro momento, nas proximidades daqui... e mais tarde, quem sabe????

O que vocês acharam da ideia?
Querem pingar amor por esse mundo afora também??



9 comentários:

  1. A idéia é bem original e legal, adorei!Mil corações pra vc minha amiga!

    ResponderExcluir
  2. Que legal esta iniciativa.
    Bjkas

    ResponderExcluir
  3. Vc me deixou super feliz, querida Dri. Será uma espetacular pingamor!
    Quero saber tudo dessa experiência.

    Mil beijos da Ruthia
    d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir
  4. Também sou uma dos PingAmor por aí, obrigada pelo carinho e divulgação.
    Beijinhos
    Isabel

    ResponderExcluir
  5. Que ideia linda e original, amei!!!

    Faço isso com meu amor, deixamos bilhetes um pro outro em lugares inusitados!!!

    www.deysejoyce.com

    Bjins

    ResponderExcluir
  6. Uma ideia bem interessante mesmo, gostei muito de conhecer.
    bj
    Lu
    www.sempre-belas.blogspot.com

    ResponderExcluir
  7. Tudo que fazemos de boa vontade é retribuído, acho essa iniciativa linda demais, semear palavras de conforto é tão simples, mas as vezes é o que aquela pessoa precisa naquele momento, e como o texto relata "provocar sorrisos nas pessoas que se encontram em crise, desempregadas, stressadas" e por aí vai...e aquelas palavrinhas lidas nessas horas se tornam verdadeiros conselhos e conforto para corações 'perdidos' no desespero...

    ResponderExcluir
  8. Que legal
    muito interessante hem!
    bjoss....linda

    ResponderExcluir
  9. Oi Dri, postei sobre o seu post (rs) no meu blog... http://eusounormalmentecritica.blogspot.com.br/
    vê o que achou...
    beijos e parabens, cada dia o blog ta melhor!

    ResponderExcluir

Deixem seus comentários! Adoro saber o que vocês pensam sobre as postagens do TdD! bjs