Orgulho de ser gaúcha!!

14:27:00 Adriana LARA 2 Comments



Guerra dos Farrapos ou Revolução Farroupilha são os nomes pelos quais ficou conhecida a revolução ouguerra regional, de caráter republicano, contra o governo imperial do Brasilna então província de São Pedro do Rio Grande do Sule que resultou na declaração de independência da província como estado republicano, dando origem à República Rio-GrandenseEstendeu-se de 20 de setembro de 1835 a 1 de março de 1845.
A revolução, de caráter separatista, influenciou movimentos que ocorreram em outras províncias brasileiras: irradiando influência para a Revolução Liberal que viria a ocorrer em São Paulo em 1842 e para a Revolta denominada Sabinada na Bahia em 1837, ambas de ideologia do Partido Liberal da época. Inspirou-se na recém findada guerra de independência do Uruguai, mantendo conexões com a nova república do Rio da Prata, além de províncias independentes argentinas, como Corrientes e Santa Fé. Chegou a expandir-se à costa brasileira, emLaguna, com a proclamação da República Juliana e ao planalto catarinense de Lages. Teve como líderes: generalBento Gonçalves, general Neto, coronel Onofre Pires, coronel Lucas de Oliveira, deputado Vicente da Fontoura,Pedro Boticário, general Davi Canabarro, coronel Corte Real, coronel Teixeira Nunes, coronel Domingos de Almeida, major Vicente Ferrer de Almeida,coronel Domingos Crescêncio de Carvalho, general José Mariano de Mattos, general Gomes Jardim, além de receber inspiração ideológica de italianos da Carbonária refugiados, como o cientista e tenente Tito Lívio Zambeccari e o jornalista Luigi Rossetti, além do capitão Giuseppe Garibaldi, que embora não pertencesse a carbonária, esteve envolvido em movimentos republicanos na ItáliaA questão da abolição da escravatura também esteve envolvida, organizando-se exércitos contando com homens negros que aspiravam à liberdade.


Quem está acompanhando "A Casa das Sete Mulheres" pela Globo, já conhece um pouco da nossa história, retratada na mini série.
Semana de tradição e festa

Não é apenas o dia 20 de setembro que é dia de festa no Rio Grande do Sul. Os Centros de Tradição Gaúcha, CTGs, que existem em praticamente todas cidades gaúchas e, inclusive, em outros Estados, preparam uma série de comemorações para a semana Farroupilha. São gincanas, churrascos (claro), missas no melhor estilo crioulo (nome dado aos moradores dos pampas no passado), desfiles temáticos, palestras e discussões. É a hora do gaúcho lembrar porque é gaúcho, tchê.


Pois bem, hoje teve desfile cívico em muitas cidades do Estado, e claro que aqui também... a mãe coruja clicou o filhote, que desfilou junto com o grupo de danças italianas, da Società Italiana Fiore dei Piani (somos uma cidade cuja colonização é basicamente de alemães e italianos)

Mas também teve CTG e muito mais....




Tudo bonito, organizado, com a colaboração do tempo (até ontem, pensávamos que nosso destino era virar sapos, tamanha chuva que caiu - com direito a uma pequena enchente!).

Bom, como se pode imaginar, onde tem cavalo... tem....


Mas povo civilizado, traz junto, no final do desfile....


Parabéns aos organizadores, e a esses dois homens, que estavam recolhendo a sujeira dos cavalos, imediatamente após o desfile!







2 comentários:

  1. Que lindo esse post.
    Eu acompanhei a mini série "A casa das 7 mulheres" , deu para sentir o quanto o povo gaúcho tem orgulho de suas raízes.
    Bjos.

    ResponderExcluir
  2. Gostei muito do texto. Bjos
    Celinha

    ResponderExcluir

Deixem seus comentários! Adoro saber o que vocês pensam sobre as postagens do TdD! bjs