Frio pra cachorro: Saiba quais os cuidados que se deve ter com os cães nos dias de baixas temperaturas

16:58:00 Adriana LARA 5 Comments

Conheça os problemas mais comuns enfrentados pelos animais nesta época e também 10 dicas para proteger e tratar os pets
Com o frio e o tempo seco, a saúde dos cães pode ser comprometida, sendo que sintomas como dificuldade respiratória, tosse e secreção nasal começam a aparecer. A veterinária Fabiana Zerbini, da Virbac do Brasil, lista os problemas mais frequentes e fala sobre os cuidados especiais que se deve ter com os pets nesta época.


(imagem meramente ilustrativa)


Problemas respiratórios
As baixas temperaturas e a umidade baixa favorecem as doenças virais que são transmitidas por inalação, como a cinomose, uma virose que acomete cães mais novos e que é altamente contagiosa, podendo levar à morte. Além disso, os pets ficam mais propensos a contrair a traqueobronquite, mais conhecida como gripe canina. Tanto a cinomose quanto a gripe canina podem ser evitadas com a vacinação.
Dicas importantes:
- Mantenha a caminha do pet sempre limpa e quentinha;
- Não deixe que o cão fique em contato com o chão ou superfícies geladas, coloque sempre um cobertor;
- Os cães com pelos mais curtos sentem mais frio. Nesses casos, deve-se colocar roupinhas e que sejam confortáveis;
- Cães que costumam ficar em áreas externas podem manter os pelos compridos para ajudá-los a se proteger do frio e deixe a casinha deles em um local onde não tenha corrente de ar;
- Procure dar banho em pet shops, pois apenas com os equipamentos profissionais é possível secar totalmente os pelos e pele dos cães;
- Os que mais precisam de atenção nessa época são os filhotes e idosos, que sentem mais frio e ficam mais suscetíveis à doenças típicas do inverno;
- Se perceber que seu pet está se coçando muito, a pele pode estar ressecada, procure um médico veterinário;
- Fique atento a sintomas mais graves, como febre, anorexia (o animal para de comer) e dificuldade respiratória. Procure o veterinário imediatamente;
- Mantenha a vacinação do seu pet em dia, pois evitará a maioria das viroses existentes.
Sobre a Virbac
Fundada na França em 1968 pelo médico veterinário Dr. Pierre Richard Dick, a Virbac ocupa hoje a 7ª posição no ranking mundial das companhias farmacêuticas veterinárias. Transformou-se em marca de referência no mercado veterinário mundial, graças a uma grande linha de produtos biológicos e farmacêuticos que previnem e combatem as principais patologias dos animais domésticos e de criação, com destaque para a linha de produtos dermatológicos, líderes de venda mundial. A Virbac está presente em mais de 100 países com produtos e serviços que trazem juntos, qualidade, eficácia e facilidade de utilização a todos aqueles envolvidos no cuidado animal. Site: www.virbac.com.br

5 comentários:

  1. Nesse frio os nossos animais precisam de cuidados, excelentes as dicas da Fabiana Zerbini, Adriana bjs.

    ResponderExcluir
  2. ótimas dicas, eu sempre colocava roupinha e cobertores na caminha da minha pequena.

    Beijos.

    ResponderExcluir
  3. Lá em casa tomamos todas as providências para as cadelinhas, mas os gatinhos... ficam serelepes (existe isso? kkk) no frio e ficam passeando lá fora. Bjs
    comqueroupavouparaigreja.blogspot.com.br

    ResponderExcluir
  4. Super dicas Dri!
    Se a gente já pena quando está muito frio, imaginem os pets.

    beijinhos ;*
    http://noostillo.blogspot.com.br/

    ResponderExcluir
  5. Como nossos filhos de quatro patas sofrem com esse frio. devemos sempre lembrar de aquecer eles também. Ótimas dicas.

    ResponderExcluir

Deixem seus comentários! Adoro saber o que vocês pensam sobre as postagens do TdD! bjs