Vença A Falta de Memória com Atividades Físicas

10:00:00 Elizabeth Johnson 3 Comments



Há diversas pesquisas apontando os benefícios das atividades físicas na melhora da falta de memória. Recentemente, um estudo feito pela Universidade de Nottingham, na Grã-Bretanha, relatou que com a prática de atividades físicas moderadas, como em uma rápida caminhada no parque, a quantidade de produção de um hormônio que protege as células nervosas é totalmente saudável e reduz os riscos de doenças como, por exemplo, o Alzheimer.

Esse hormônio protetor das células chama-se corticotrofina (sigla CRF, em inglês). É um hormônio que faz o estresse agir no organismo de uma pessoa e em pessoas que apresentam ansiedade e depressão é encontrado em quantidade elevada. Por isso que praticando atividades físicas, a produção desse hormônio se torna saudável ao organismo e não prejudicial. E ocorre o nascimento de novos neurônios cerebrais, que são responsáveis pela nossa inteligência e raciocínio.

Na verdade, a atividade física é benéfica em todos os sentidos para nosso organismo. Protege a memória, regula os hormônios saudáveis em nosso corpo, faz a manutenção do peso, emagrece, ajuda na definição dos músculos, faz liberar hormônios da alegria e da sensação de bem-estar, entre muitos outros benefícios. Existe uma parte em nosso cérebro chamado de Hipocampo, que é responsável por armazenar todas as nossas lembranças, mas que com o passar do tempo pode sofrer desgaste e surgir a falta de memória. Durante as atividades físicas, esse é o campo do nosso cérebro mais beneficiado.


Pratique Atividades Físicas e Preserve sua Memória


O mais importante de tudo é você sempre estar ativo. Não importa qual exercício ou atividade você pratica ou vai começar a praticar, e sim, que você se mantenha sempre em movimento. Tanto para as pessoas idosas, seja homem ou mulher, quanto para adolescentes e adultos, as atividades físicas preservam as massas (cinzenta e branca) do cérebro que são responsáveis pela cognição e pela memória. Com o envelhecimento, essas massas vão diminuindo naturalmente, por isso manter uma dieta saudável e atividades físicas diárias, preservam essas massas e mantém a região protegida.

As atividades intelectuais também são grandes aliadas na preservação da memória, mas as atividades físicas são fundamentais para que o processo de proteção cerebral seja um sucesso. Você não precisa se matar na hora de praticar uma atividade física, basta poucos minutos para se manter saudável por uma vida toda. Veja alguns exercícios ótimos que você pode praticar:

Correr

Só tome cuidado caso possua alguma dor nas articulações e com essa atividade poderá piorar, sendo assim, prefira a caminhada. A corrida de leve e a moderada poderá ajudar na produção dos hormônios que preservam a saúde do cérebro e promovem a ativação da memória.

Caminhada

Uma atividade mais tranquila que é aconselhável se você tem algum problema que não possa obter tanto impacto. Uma simples caminhada no parque ou em volta do quarteirão de sua rua, por no máximo 60 minutos, já é considerada benéfica para a memória.

Natação

Além dessa atividade ser bastante tranquila de se fazer, ela traz muitos benefícios para o nosso cérebro e para o corpo também. O sistema cardiorrespiratório é bastante trabalhado e os resultados são ótimos não somente na respiração, mas também mantém o cérebro ativo por necessitar de concentração e foco na hora da execução dos exercícios embaixo d'água.
São muitas as atividades físicas que você pode fazer. E o melhor de tudo isso, é que, tudo é realizado de forma natural sem ter que tomar suplementos para memória ou algo do tipo. Pois se for analisar os preços de remédios que prometem deixar sua memória novinha em folha, acabam não compensando, pois são muito caros e os exercícios trarão o mesmo resultado para você. E muitos deles podem ser feitos de graça.

Entre outras atividades podemos destacar a dança, que utiliza muito a área de memorização e concentração, Yôga que ajuda no relaxamento total de nosso corpo e libera uma substância que mantém o estresse longe, andar de bicicleta, de patins, musculação, exercícios aeróbicos, ginástica localizada, entre outros. Pratique aquilo que lhe dê prazer, não faça nada que não goste. Quando se pratica algo em que esteja feliz, a atividade se torna mais divertida e o risco de desistir no meio do caminho é praticamente nulo.

3 comentários:

  1. Adorei a postagem. Além de auxiliar na memória tem muitos outros benefícios, né?!

    Por aqui o exercício é o ballet. Mas uma boa caminhada é sempre essencial.

    Beijos.

    Jovens Mães

    ResponderExcluir
  2. Reparei que é o segundo post não escrito por ti. Novas parcerias?
    Beijinho
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    P.S. Li há dias um desabafo de um amigo brasileiro no FB, a propósito da cantora que escolheram para abrir as Olimpíadas. Muitos preferiam ver artistas mais consagrados, como o Caetano ou o Gilberto. Qual é a sua opinião sobre o assunto?

    ResponderExcluir
  3. Não sabia que atividade física ajudava tanto na memória, mas adoro me exercitar até porque preciso perder peso.

    ResponderExcluir

Deixem seus comentários! Adoro saber o que vocês pensam sobre as postagens do TdD! bjs