Abertura oficial da colheita da Oliva no Rio Grande do Sul será nos olivais de São Sepé

12:12:00 Adriana LARA 4 Comments

A Tecnoplanta, que produz o azeite de oliva extra virgem Prosperato, será sede do evento pela terceira vez



O mês de fevereiro marca mais uma temporada de colheita de azeitonas que vão resultar no azeite de oliva extra virgem Prosperato. O trabalho nos cerca de 300 hectares dos olivais de Barra do Ribeiro, São Sepé, Caçapava do Sul e Sentinela do Sul deve se iniciar a partir da primeira quinzena de fevereiro e se estende até meados de março.

Para a safra 2017, a Prosperato deverá apresentar dois tipos de produto. Um deles é o blend, resultado das frutas de varieadades Arbequina e Arbosana, e o outro é o monovarietal, da espécie Koroneiki. Além destas variedades, a equipe da empresa irá elaborar outros azeites das variedades Picual, Frantoio, Galega e Coratina em pequena escala.

Para este ano a expectativa é boa, e deve repetir a produção do ano passado, quando cerca de 100 toneladas de frutas resultaram em 15 mil litros de azeite de oliva extra virgem. E mais uma vez a tecnologia e a inovação, que são características da Tecnoplanta, foram fundamentais para definir um dos olivais da empresa como local de abertura oficial da colheita da Oliva no Rio Grande do Sul. Neste ano, o evento ocorre no dia 15 de março, em São Sepé, às margens da BR 290, no km 332.

O ano de 2016 foi especial, apresentando uma floração fora do normal nos meses de setembro e outubro, com alguns momentos atípicos que comprometeram uma parte da produção em novembro, mas não afetaram a qualidade. “A cada ano nos especializamos mais, buscamos mais conhecimento e tecnologia”, explica Osmar da Rosa, diretor técnico da empresa. E os resultados podem ser contabilizados em premiações e referências: nos últimos tempos, o Prosperato recebeu medalha de prata no Domina International Olive Oil Contest, na Itália, pelo monovarietal Koroneiki, único brasileiro premiado no concurso que reúne os principais produtores de azeite extra virgem de excelência e também é o único do Brasil presente no guia Flos Olei 2017, publicação que leva em conta toda a cadeia produtiva da oliveira no mundo.

Motivos como estes levam a uma expectativa grande e a constante busca de aprimoramento. O ano de 2016 também foi momento de adquirir conhecimento e tecnologia trazendo inovação para os olivais. “A partir desta safra passaremos a utilizar um novo tipo de equipamento para a colheita”, explica Eudes Marchetti, diretor geral da empresa. “Um material que causa menos danos às plantas e garante um fruto de maior qualidade”, conta. É mais um passo dado na busca do azeite de oliva cada vez mais diferenciado que os demais já ofertados no mercado. 

4 comentários:

  1. É muito bom saber da existência de pesquisas em tecnologias inovadoras para o aumento da produção e qualidade dos olivais, uma vez que que o azeite do oliva extra virgem é de fundamental importância para nossa saúde. Um abraço, Dri! Bjs!

    ResponderExcluir
  2. Adri!
    Tão linda a colheita e parece que foi bem produtiva, tomara que dê bons frutos na produção.
    Desejo uma semana repleta de realizações!
    “O saber é saber que nada se sabe. Este é a definição do verdadeiro conhecimento.” (Confúcio)
    cheirinhos
    Rudy
    http://rudynalva-alegriadevivereamaroquebom.blogspot.com.br/
    TOP Comentarista de FEVEREIRO, livros + KIT DE MATERIAL ESCOLAR e 3 ganhadores, participem!

    ResponderExcluir

Deixem seus comentários! Adoro saber o que vocês pensam sobre as postagens do TdD! bjs