Azeite extravirgem ajuda no combate à obesidade

12:00:00 Adriana LARA 2 Comments

Propriedades nutritivas auxiliam a aumentar a satisfação e controlar a vontade de comer



     Indicadores apresentados pelo Ministério da Saúde, no primeiro semestre de 2017, mostram que nos últimos 10 anos, a prevalência da obesidade no Brasil cresceu em 60%, passando de 11,8% de 2006 para 18.9% em 2016. O excesso de peso também subiu de 42,6% para 53,8% no período. Por conta disso, o alerta a esse tipo de doença é necessário.

     Diversas alternativas para a perda de peso já foram apresentadas a aqueles que precisam mudar o estilo de vida e muitas delas exigem uma mudança difícil na refeição e rotina, por isso, nem todos conseguem seus objetivos. É recomendável para aqueles que preferem começar com pequenas mudanças aderir às refeições alimentos, condimentos e bebidas que ajudem no processo de emagrecimento.
 Os ácidos graxos monoinsaturados presentes no azeite de oliva podem resgatar a sensação de saciedade que pessoas obesas perderam com o excesso de gorduras saturadas ingeridas. Esse resgate ajuda no combate ao peso e evita que pessoas acima do peso ou obesas comam mais do que o necessário.

     O consumo ideal de azeite de oliva é em torno de 15 a 30 ml por dia, que pode ser consumido em saladas ou em pratos já servidos. Desta forma, aconselha-se o uso do azeite de oliva extravirgem que pode trazer ainda mais sabor a sua refeição.

     A Olitalia, uma das maiores empresas de azeites de oliva extravirgem de alta qualidade, exporta azeites italianos para mais de 140 países, garantindo que produtos autênticos e de qualidade, recomenda para essa mudança de hábitos o azeite de oliva extravirgem não filtrado Verdenso.

     A fabricação do Verdenso é diferenciada por ele não ser filtrado como os demais, por isso, é um azeite ainda mais nutritivo, mais rico em antioxidantes e saboroso por preservar a integridade de seus nutrientes.

2 comentários:

  1. Adoro azeite principalmente na salada, que bom que o azeite controla a obesidade, Adriana bjs.
    http://www.lucimarmoreira.com/

    ResponderExcluir
  2. Olha, eu só uso azeite, biológico, das minhas próprias oliveiras. Não sei sobre isso de ajudar a evitar a obesidade mas que tudo ganha um sabor diferente e extraordinário... isso posso confirmar.
    Como vão as coisas, querida?
    Beijinho, uma linda semana
    Ruthia d'O Berço do Mundo

    ResponderExcluir

Deixem seus comentários! Adoro saber o que vocês pensam sobre as postagens do TdD! bjs